Cudell

Cudell Institucional
conheça-nos melhorir para o site  »

Engenharia & Serviços

soluções Cudell
para engenhariair para o site  »

FAQ's

Se ficou com alguma dúvida por esclarecer, poderá consultar a lista de questões que se segue:

Sistemas de Rega 
  • Fazem projetos de sistemas de rega residenciais?
    Sim, fazemos.

    Contacte p.f. uma das nossas 7 Lojas de Rega.                                                
  • O meu sistema de rega não funciona corretamente. Podem melhorá-lo? O que devo fazer?
    Sim, podemos, indicando um instalador profissional que fará em tempo oportuno um levantamento das necessidades e consequente relatório dos pontos a corrigir devidamente orçamentados.

    Contacte p.f. uma das nossas 7 Lojas de Rega.
  • Que informação preciso de fornecer para me elaborarem um projeto de sistema de rega residencial?
    • Planta com escala do seu jardim indicando construções existentes e zonas ajardinadas a regar ou projeto paisagista (preferencialmente);
    • Declives existentes no terreno (em metros);
    • Ponto de existência de água e sua localização (poço, ponto de água pública);
    • Caudal em l/h e pressão em bar no ponto de água disponível;
    • Ponto de eletricidade 220 V e sua localização.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Bombas de Água – Logística 
  • As bombas do vosso catálogo são para entrega imediata?
    Sim, em regra estão disponíveis para venda nas nossas Lojas de Rega salvo venda prévia.
  • Posso solicitar a vinda de um técnico ao terreno?
    Sim, se tiver dúvidas sobre a instalação ou o equipamento adequado, visite a nossa Loja de Rega ou contacte o técnico comercial da sua área de residência.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Bombas de Água – Técnica 
  • Quais os dados necessários para poder escolher uma bomba de forma eficaz?
    Para que lhe possamos definir corretamente o modelo de eletrobomba que necessita, precisamos saber:
    • O caudal máximo de funcionamento. Este dado consegue-se determinar considerando o somatório do débito de todos os emissores de rega (aspersores, pulverizadores, sistemas de rega de gota a gota). No caso de sistemas divididos em setores contará sempre o setor com maiores necessidades de água (consumos).
    • Será ainda necessário saber a pressão de funcionamento da bomba. Para tal será necessário averiguar a pressão de funcionamento do sistema de rega e ainda calcular todas as perdas de carga ao longo da tubagem (causados por filtros, electroválvulas, desníveis do terreno, comprimento e dimensões da tubagem). A pressão de funcionamento da eletrobomba será o somatório da pressão do sistema de rega mais as perdas de carga associadas ao sistema.
    • Finalmente ter-se-á que saber o tipo de bomba a instalar. Bomba de superfície (para aspiração a partir de um poço ou de um reservatório) ou submersível (para aspiração a partir de um poço ou de um furo).
  • Como calcular a potência de uma bomba para o meu sistema de rega?
    A potência de uma bomba depende de 3 fatores: da pressão, do caudal de funcionamento e do rendimento eletromecânico da mesma. A pressão e o caudal podem ser analisados através das curvas de nível de cada uma das bombas. O rendimento da eletrobomba depende do tipo de bomba a operar, bem como, da qualidade de conceção e construção da mesma.
  • Quero regar o meu quintal, qual a melhor bomba?
    Depende! Cada caso é um caso! Primeiro que tudo há a considerar 2 tipos fundamentais de eletrobombas: as bombas de superfície e as bombas submersíveis. As de superfície não se encontram submersas na água, já pelo contrário, as submersíveis encontram-se mergulhadas dentro do reservatório (poço, depósito ou furo) e fazem a extração da água a partir desse reservatório. As eletrobombas de superfície estão geralmente limitadas na altura de extração de água ao reservatório (máximo 9 metros).
  • Tenho um furo e preciso de colocar uma bomba. Qual a mais indicada?
    No caso de um furo artesiano necessitará sempre de uma bomba específica. Será sempre necessário saber a profundidade a que a bomba irá operar, a pressão de serviço e o caudal. Juntamente com o diâmetro do furo, podemos definir-lhe a sua bomba em poucos minutos. Visite as nossas Lojas de Rega.
  • Porque tenho de colocar um pressostato e um manómetro? Para que servem?
    O pressostato é um elemento de segurança da bomba e da própria instalação. Assegura que quando são atingidas pressões demasiado elevadas no sistema, a bomba seja desligada, impedindo deste modo a rotura de outros elementos.

    O manómetro é um elemento de leitura da pressão que é sempre útil para se verificar a pressão de funcionamento do sistema.
  • As bombas são autoferrantes?
    Existem modelos autoferrantes, em que a própria bomba se enche de água e fica pronta a operar, outras bombas podem ter que ser ferradas manualmente, ou seja, o enchimento da bomba terá que ser realizado manualmente, ficando de seguida a bomba pronta a operar.
  • Como proceder em caso de avaria?
    Após recolha de informação no terreno sobre o ponto de situação da avaria no equipamento, visite a nossa Loja de Rega onde o produto foi adquirido ou contacte o técnico comercial.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Bombas de Água – Aplicação 
  • Preciso de drenar águas sujas, qual a melhor bomba para este fim?
    Comercializamos uma gama de pequenas bombas de drenagem para diversos fins.

    Visite as nossas Lojas de Rega para que lhe possamos identificar rapidamente qual a eletrobomba mais indicada.
  • Tenho falta de pressão na rede doméstica, será que necessito de uma bomba com depósito, ou apenas a bomba?
    A rede doméstica não autoriza a pressurização particular diretamente a partir da rede. A solução terá sempre que passar pela aplicação de um depósito e só depois efetuar a pressurização do sistema com uma eletrobomba.
  • Como ferro uma bomba de superfície?
    As eletrobombas têm um bocal de acesso por onde se deve fazer a reposição de água na bomba. Quando, através desse bocal a bomba fica totalmente cheia de água, então a bomba estará pronta a funcionar.
  • Para que serve um autoclave?
    Um autoclave é um dispositivo de regulação da pressão do sistema de bombagem. Um sistema de bombagem equipado com autoclave, permite gerir o funcionamento da bomba independentemente das necessidades de água.

    Por exemplo, permite que a bomba consiga operar tanto para a rega de sistemas de gota a gota (geralmente com consumos de água muito baixos) bem como, da rega por aspersão (débitos de água elevados).
     
    O autoclave funciona sempre associado ao pressostato. Quando a pressão dentro do corpo do autoclave se torna demasiado baixa, o pressostato atua fazendo ligar a bomba. Pelo contrário, quando a pressão se torna demasiado alta, o autoclave determina essa pressão e faz o pressostato “disparar” e desligar a bomba. O autoclave é um sistema muito importante que impede a rotura de condutas e outros elementos, pois previne as altas pressões e golpes de aríete. Permite ainda economizar energia, pois a eletrobomba só irá operar alguns períodos de tempo em função das necessidades hídricas.
     
    Visite as nossas Lojas de Rega para adquirir este tipo de produtos.
  • Para que serve um controlmatic?
    O controlmatic (pressostato eletrónico) tem um funcionamento semelhante ao de um autoclave. A principal diferença reside no facto de, ao invés de um controlo pressostático conforme acontece no autoclave, no controlmatic o funcionamento é totalmente eletrónico. O controlmatic tem ainda a vantagem de gerir a energia elétrica absorvida pela bomba, uma vez que vai fazer variar a velocidade de funcionamento da eletrobomba. Este sistema é bastante útil em sistemas com grande heterogeneidade de caudais.

    Visite as nossas Lojas de Rega para adquirir este tipo de produtos.
  • A bomba do meu poço deixou de funcionar. A vossa empresa faz a reparação da bomba ou necessito comprar uma nova?
    Comercializamos peças de reposição para a reparação de eletrobombas (motores elétricos, pressostatos, membranas para autoclaves, etc).

    No caso de alguma avaria visite as nossas Lojas de Rega para que lhe possamos dar a resposta mais eficaz para o seu problema.
  • Que tipo de bombas comercializam e qual a sua aplicação?
    Temos disponível uma vasta gama de eletrobombas. Mais modelos sob consulta. Visite as nossas Lojas de Rega.

    1. Eletrobomba Grupo Série Jet
      Eletrobomba de sucção, com um autoclave de 25 l, vertical no caso do modelo Aquajetl ou horizontal para o modelo Superjet.
      Eletrobomba de Sucção Jet 9 m.
    2. Eletrobomba de Sucção com 2 Impulsores
      Ideal para o uso com todos os tipos de sistemas de irrigação residencial, ou qualquer outro sistema de pressurização. 
    3. Eletrobomba com Eletrónica Integrada (Para uso doméstico)
      Eletrobomba multicelular automática com 4 e 5 impulsores. Extremamente silenciosa (67 db). Arrefecimento por água, ideal para locais de pouca ventilação. Aparelho de segurança eletrónica que previne a bomba de funcionar a seco. Válvula antirretorno integrada.
    4. Eletrobomba Submersível com eletrónica integrada
      Eletrobomba Submersível com eletrónica integrada, com arranque e paragem automáticos. Sensor de fluxos e pressão incorporado. Aparelho de segurança eletrónica que previne a bomba de funcionar a seco. Válvula antirretorno integrada.
    5. Bombas de Drenagem
      Bombas submersíveis para extração e/ou transporte de águas limpas, sujas e com ou sem resíduos sanitários (consoante o modelo a aplicar), onde a pressurização não seja necessária! Pode ser aplicada em poços, depósitos, para extração de águas e, edifícios inundados entre outras aplicações diversas.
    6. Bombas de Poço
      Bombas submersíveis para captação de água em poços, tanques ou depósitos, onde seja necessária a pressurização da rede.
    7. Bombas de Poço Modelo Ecologic
      Bombas submersíveis para captação de água em poços, tanques ou depósitos, onde seja necessária a pressurização da rede. Modelo Ecologic dada a ausência de óleo no circuito interno do motor, evitando assim a contaminação de águas em caso de avaria.
    8. Autoclaves
      Funcionando como reserva de água do circuito, evitando as desgastantes paragens ou arranques de uma bomba.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Piscinas – Água 
  • Como calculo a capacidade de água da minha piscina?
    Antes de iniciar qualquer tratamento na piscina, deve conhecer qual a sua capacidade (volume). Desta forma, poderá calcular exatamente as dosagens dos produtos químicos que deverá adicionar na água da seguinte forma:

    1 ppm <=> 1 mg/l <=> 1 g/m3

    1. Volume Piscina Circular (m3) = Comprimento (m) x Largura (m) x Profundidade Média (m) x 0,78
    2. Volume Piscina Retangular ou Quadrada (m3) = Comprimento (m) x Largura (m) x Profundidade Média (m)
    3. Volume Piscina Oval (m3) = Comprimento (m) x Largura (m) x Profundidade Média (m) x 0,89
  • O que é o PH da água - como medir e ajustar?
    pH da água
    O pH da água é um conceito utilizado para expressar o seu grau de acidez ou basicidade. Existe uma escala de pH que vai de 0 a 14 unidades.

    1. pH = 7 - corresponde a águas com carácter neutro
    2. pH < 7 - corresponde a águas com carácter ácido
    3. pH > 7 - corresponde a águas com carácter básico

    pH ideal para a água da piscina
    Para que haja uma boa desinfeção da água da piscina é necessário ter o valor ajustado do pH entre 7,2 e 7,6 unidades. Entre estes valores de pH's obtém-se uma boa desinfeção da água e favorece-se o bem-estar dos banhistas. Desajustes no pH leva a um maior consumo de desinfetantes, turvação na água, irritações nos olhos e mucosas dos banhistas e pode ser prejudicial para a saúde.

    Como medir o valor pH da água da piscina
    Para a medição e a análise da água pode ser utilizado um estojo analisador de níveis de pH, cloro livre e alcalinidade total. Numa só imersão as tiras indicam os resultados da água da sua piscina.

    A importância de ter um pH ajustado entre 7,2 e 7,6 unidades
    O cloro só desinfetará corretamente se o pH da água da piscina estiver ajustado entre os 7,2 e os 7,6. Um valor desajustado pode ser prejudicial para a saúde.

    Como proceder se a água da minha piscina tem um valor de pH inferior ou superior aos valores 7,2 e 7,6 unidades respectivamente
    No caso do valor ser inferior a 7,2 unidades adiciona-se um produto incrementador de pH. No caso do valor ser superior a 7,6 unidades adiciona-se um produto minorador de pH para ajuste do valor.

    Visite as nossas Lojas de Rega para adquirir os produtos indicados.
  • O que é a alcalinidade total da água?
    A alcalinidade total é a capacidade que a água tem em resistir à modificação de pH. Se a alcalinidade total é baixa, o pH flutuará e será difícil de manter. Quando a alcalinidade total é alta, o pH pode ser difícil de modificar e podem aparecer formações de sarro na água e depósitos de calcário nas superfícies. O valor ideal de alcalinidade deve estar entre 120 e 150 ppm.
  • Qual a frequência com que devo medir a alcalinidade da água da piscina?
    Em piscinas com grande concentração de pessoas o correto é medir quinzenalmente, quando houver mudança de água ou retirar chuva muito intensa. Em piscinas residenciais deve ser feita mensalmente.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Piscinas – Tratamento da Água 
  • Que tipos de tratamento da água da piscina são os mais indicados e usuais?
    O produto mais utilizado na desinfeção de águas é o cloro, devido à sua alta eficiência, controlo facilitado e custos relativamente baixos. A gama de produtos clorados CTX que comercializamos é ampla e cobre todas as necessidades existentes.

    Visite as nossas Lojas de Rega para adquirir os produtos indicados.
  • Que produtos devo utilizar para um tratamento inicial?
    Para ter uma água cristalina e desinfetada um tratamento inicial é aconselhado. Este tratamento consiste na realização de uma cloração de choque com 15 g/m3 de CTX-200/GR Dicloro Granulado ou com CTX-250 Pastilhas de Cloro Rápido (1 ou 2 pastilhas/m3) ou 20 g/m3 de Ecopool Cloro 55% Shock aplicando o produto diretamente na água ou através dos skimmers. Esta cloração deve ser completada com um algicida CTX-500/S Algicida Concentrado ou CTX-530 Algicida Extra com uma dosagem de 1 l/100 m3 de água ou Ecopool Antialgas DC Abrilhantador.

    Visite as nossas Lojas de Rega para adquirir os produtos indicados.
  • Que procedimentos devo ter para fazer a manutenção da minha piscina durante o ano?
    Um programa de manutenção envolve procedimentos diários e semanais durante a época de banhos. Durante o inverno faz-se a invernação da piscina.

    Diariamente
    1. Analise o pH da água e ajuste-o entre 7,2 e 7,6 se necessário;
    2. Analise o nível de Cloro Residual Livre, mantendo-o entre 0,5 - 2 ppm. Se utilizar um doseador, regule-o de forma a manter-se este residual de cloro;
    3. Retire da água as folhas e insetos existentes.

    Semanalmente
    1. Limpe os skimmers e escove as paredes da piscina. De seguida, passe o aspirador;
    2. Faça uma contra-lavagem do filtro, limpe o pré-filtro da bomba e esvazie o cesto. Reponha as pastilhas CTX-370 Pastilhas de Tricloro ou Ecopool Cloro T-200 g dos skimmers ou do doseador;
    3. Adicione a dosagem correta de manutenção de algicida.

    Deve ter ainda em atenção
    1. Mantenha o nível da água correto;
    2. Quando fizer renovações de água na piscina, analise o nível de cloro e pH e, se necessário, ajuste-os;
    3. Perante qualquer ameaça de chuva, aumente o nível de cloro e algicida;
    4. Verifique e mantenha correto o funcionamento do doseador de cloro.

    Visite as nossas Lojas de Rega para adquirir os produtos indicados.
  • O que se deve fazer para evitar a formação de algas?
    Além de um desinfetante tem de se juntar algicida nas doses indicadas para cada caso.
  • Qual a importância do anti-algas?
    As algas são organismos vegetais unicelulares que podem desenvolver-se e multiplicar-se rapidamente na água, sobretudo quando a temperatura é temperada. Os esporos de algas podem introduzir-se na água da piscina pelo vento ou pela chuva já que estão presentes na atmosfera. Existem 30.000 variedades de algas divididas em 3 categorias:
    1. Algas verdes - São as mais comuns. São de rápido crescimento e consomem grande quantidade de cloro.
    2. Algas mostarda (Amarelas) - Aparecem geralmente no lado sombrio das piscinas e podem resistir a valores de 3 a 5 ppm de cloro livre.
    3. Algas negras - Formam manchas escuras e possuem uma estrutura por estratos onde a primeira camada protege as camadas de baixo, tornando muito difícil a sua eliminação. São extremamente resistentes ao cloro.

    Os algicidas, através da quantidade empregue na água da piscina, possuem uma ação destruidora e/ou inibidora do crescimento das algas. Com a adição deste tipo de produtos evitaremos o aparecimento de colorações verdes e depósitos sobre as paredes, escadas e fundos de piscinas.
  • Posso ir à piscina após ter colocado os produtos de tratamento da água?
    Não é aconselhado ir para a água logo após a colocação dos produtos na piscina. A melhor altura para aplicar os produtos é à noite, ou em alternativa, ao fim do dia, quando já não for novamente utilizada. O cloro perde eficácia com temperaturas altas, e como tal, será mais indicado deixá-lo atuar ao longo da noite, para que a piscina esteja já devidamente tratada na manhã seguinte. Desta forma assegura também que se cumpre um certo período de repouso.
  • Que produto poderei utilizar para eliminar as manchas negras na parede da minha piscina?
    Esvaziar a piscina e limpar as manchas com CTX-51 Desincrustante de Superfícies Extra.

    Visite as nossas Lojas de Rega para adquirir o produto indicado.
  • Como manter uma piscina limpa durante todo o ano?
    Com os procedimentos corretos de tratamento da água e seguindo o programa de manutenção corretamente, mesmo durante o inverno, a água da piscina pode ser conservada até 3 estações (3 anos) em perfeitas condições.
  • Que produtos devo usar como tratamento da água no inverno e qual a periodicidade do tratamento?
    Quando termina a temporada de banhos e de utilização da piscina, mantenha o programa de manutenção da piscina até que a temperatura da água seja inferior a 15º C. Quando a água chegar a essa temperatura realize a "Invernação" da piscina realizando os passos seguintes:
    1. Limpe bem a piscina esfregando as paredes e utilizando o aspirador;
    2. Faça uma cloração de choque com CTX-200/GR Dicloro Granulado (15 g/m3 de água) ou Ecopool Cloro 55% Shock (20 g/m3 de água);
    3. Analise o pH da água e faça os ajustes necessários para ter um pH entre 7,2 e 7,6;
    4. Deixe o filtro em funcionamento;
    5. No dia seguinte, adicione CTX-550 Invernador (5 l/100 m3 de água);
    6. Deixe em funcionamento o filtro durante cerca de 8 horas para conseguir uma perfeita distribuição do produto na água;
    7. No dia seguinte limpe o filtro com CTX-55 Desincrustante para Filtros de Areia, não esquecendo de fazer uma contra-lavagem após limpar o filtro;
    8. No caso de climas frios o nível da água deve estar abaixo dos skimmers, deve-se esvaziar as tubagens e filtros e colocar um objeto flutuante na superfície da piscina, como precaução contra o gelo. Em climas temperados, deve-se fazer funcionar o filtro periodicamente e sempre que for possível;
    9. É aconselhável cobrir a piscina com uma cobertura própria;
    10. É importante repetir a adição de CTX-550 Invernador a meio da estação de inverno (por exemplo em dezembro).

    Visite as nossas Lojas de Rega para adquirir os produtos indicados.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Piscinas – Manutenção e Reparação dos Equipamentos 
  • Em relação ao filtro que cuidados se deve ter?
    O filtro é um componente fundamental para a qualidade da água da piscina, pois procede à sua limpeza retendo as impurezas em suspensão, que além do mau aspeto, reduzem a ação dos produtos químicos e podem potenciar a infeção da água. Para que cumpra a sua função corretamente deve estar em perfeito estado de conservação e limpeza.

    A limpeza do filtro deverá realizar-se quando o manómetro acusar uma pressão de 1,3 Kg/cm2. A limpeza consiste numa sequência de procedimentos que devem ser feitas sempre que a pressão estiver abaixo do valor indicado.
  • A minha piscina precisa de reparação. A vossa empresa faz este tipo de trabalho?
    A nossa empresa não presta este tipo de serviço, no entanto podemos indicar profissionais deste setor.

    Visite as nossas Lojas de Rega.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Piscinas – Conselhos 
  • Quais as condições (temperatura e humidade) ótimas para guardar os produtos de piscina sem correr o risco de se estragarem?
    Os produtos de piscina que têm a duração de vários anos, devem ser conservados fechados, em local seco, protegidos do calor e da incidência da luz.
  • Que outro tipo de cuidados devo ter com os produtos químicos que utilizo na minha piscina?
    1. Como acontece com todos os produtos químicos, devem ser sempre colocados fora do alcance das crianças;
    2. Seguir sempre as instruções dos rótulos das embalagens;
    3. Não misturar produtos, pois não produz o efeito desejado;
    4. Adicione à água da piscina, primeiro um produto e depois o outro para evitar possíveis reações entre eles;
    5. Ao diluir o produto nunca adicione a água ao produto, mas sim o produto à água;
    6. Os produtos de piscina não devem ser acondicionados juntamente com outros produtos químicos;
    7. Antes de proceder a qualquer ajuste deve conhecer a capacidade da sua piscina e ler atentamente sempre as instruções do fornecedor relativamente ao modo de funcionamento dos equipamentos que estão instalados;
    8. Manter sempre a água da piscina ao mesmo nível através do enchimento com água caso seja necessário;
    9. Regra geral, não deve deitar água sobre um produto concentrado, mas sim dissolver o produto num regador com água ou colocá-lo no skimmer;
    10. Procure sempre especialistas para o tratamento da água da piscina;
    11. Em caso de contacto dos produtos com os olhos, lave imediatamente com água abundante e recorra a ajuda médica.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Lojas de Rega - Horário de Funcionamento 
  • Qual o horário de funcionamento das Lojas de Rega?
    Horário de primavera / verão (abril a setembro):
    Segunda a Sexta-feira: 8h30-12h30 e 14h00-18h00
    Sábados: 9h00-13h00

    Horário de outono / inverno (outubro a março):
    Segunda a Sexta-feira: 8h30-12h30 e 14h00-18h00

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Instalações 
  • Fazem instalações de sistemas de rega?
    Não fazemos instalações mas podemos indicar um instalador profissional da nossa confiança que trabalhe na área onde necessita da instação.

    Consulte p.f. uma das nossas 7 Lojas de Rega.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
  • Que informação preciso de fornecer para me elaborarem um projeto de iluminação de jardins?
    1. Planta com escala do seu jardim indicando construções existentes e zonas ajardinadas a iluminar com projeto paisagista (preferencialmente);
    2. Ponto de eletricidade 220 V e sua localização.

    Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!
Instalador de Produtos de Rega 
  • Posso ser um instalador dos vossos produtos de rega?
    Sim, dirija-se ou contacte p.f. uma das nossas 7 Lojas de Rega.
Meios de Pagamento e Entregas 
  • Que meios de pagamento posso utilizar?

    - Numerário
    - Multibanco
    - Visa
    - Mastercard
    - Cheque (Valores superiores a € 2.500,00 sujeitos a confirmação prévia)
    - Transferência Bancária para os Bancos/NIB seguintes:

    CGD     IBAN PT50 0035 0158 0000 5332 4303 4 (Swift CGDIPTPL)
    BES     IBAN PT50 0007 0430 0000 0032 0078 4 (Swift BESCPTPL)
    BBVA   IBAN PT50 0019 0159 0020 0000 5131 0 (Swift BBVAPTPL)